Burg Altena, Germany
Museu de Lamego
     O T H E R   I T E M S     
<< previous     Dia 1 of 1     overview     next >>
Bibliography

AINSWORTH, Maryan W., Bernart van Orley as a Designer Tapestry. Ph. D. dissertation, Yale University, New Haven, Ct., 2 vols., 1982. AMARAL, João, Roteiro Ilustrado da Cidade de Lamego, Lamego, 1961. ANDRADE, Sérgio Guimarães de, Escultura Portuguesa, Lisboa, CTT-Correios de Portugal, 1997. AZEVEDO, D. Joaquim de, História Eclesiástica da Cidade e Bispado de Lamego, Porto, 1877. Azulejos, Lisboa, Europália 9l-Portugal, 1991. BRITO, Nogueira de, O Nosso Mobiliário; Porto, Lello & Irmão, s/d. CASTELNUOVO, ed. Gli Arazzi del Cardinale. Bemardo Cles e il Ciclo della Passione di Pieter van Aelst, Trento, 1990. CASTRO, Nuno, A Porcelana Chinesa e os Brasões do Império, Porto, livraria Editora, 1987. CAVALLO, Adolph S., “The Redemption of Man. A Christian Allegory in Tapestry”, Bulletin of the Museum of Fine Arts Boston, vol. 56, nº 306, Inverno 1958, pp. 147-168. CORREIA, Vergílio, Artistas de Lamego, Coimbra, Imprensa da Universidade, 1923. Vasco Fernandes Mestre do Retábulo da Sé de Lamego, Coimbra, 1924. “Azulejos”, Coimbra, Livraria Gonçalves, vol. I, 1956. “Monumentos e Esculturas", Lisboa, Livraria Ferin, 1924. COSTA, Manuel Gonçalves da, “História do Bispado e Cidade de Lamego. Barroco,” Lamego, vol. V, tomo I, 1986. DIAS, Pedro, “La tapisserie flamand au Portugal”, Flandre et Portugal. Aux confluent de deux cultures, Antuérpia, 1991, pp. 177-199. DIONíSIO, Sant’Ana, Guia da Portugal. Trás-os-Montes e Alto Douro, Fundação Calouste GuIbenkian, vol. V, tomo 2, 2ª ed., Coimbra, 1988. FERNANDES, A. de Almeida, Homenagem de Lalim ao Conde Dom Pedro - A História de Lalim, Lamego, Ed. C.M. de Lamego/Junta de Freguesia de Lalim, 1990. Five Centuries of Tapestry, Fine Arts Museum of San Francisco, San Francisco, 1976. FRANKE, Birgit, “Tapisserie - «portable grandeur» und Medium der Erzahlungskunst”, Die Kunst der Burgundischen Niederlande. Eine Einfuhrung, Berlim, 1997. FREIRE, Fernanda Castro, 50 dos Melhores Móveis Portugueses, Lisboa, Chaves Ferreira, S.A., 1995. GOULAO, Maria José, “Figuras do Além. A escultura e a tumulária”, in História da Arte Portuguesa, vol. II, (dir. Paulo Pereira), Lisboa, Círculo de Leitores, 1995, pp. 157-162. GUIMARÃES, Alfredo & SARDOEIRA, Albano, Mobiliário Artístico Português. (Elementos para a sua História) - I - Lamego, Porto, Ed. Marques de Abreu, 1924. Influência oriental na Cerâmica Portuguesa do Século XVII, Lisboa, Electa, Museu Nacional do Azulejo/Lisboa 94, 1994. JORDAN, Annemarie “Tapestries in Portuguese Royal Collections (1495- 1580)”, Portuguese Royal Collections (1505 - 1580): A Bíbliographic and Documentary Survey, Master Thesis, George Washington University, Washington, D. C., 1985, pp. 47-74. “lmages of a Queen’s Power: Flemish Tapestries in the Collection of Catherine of Austria”, Em torno das tapeçarias de D. João de Castro, Museu Nacional de Arte Antiga, Lisbon, Abril 1995, Colóquio conjunto com a exposição Tapeçarias de D. João de Castro, Lisbon, Março-Abril 1995. Metaphors of Princely Magnificence. Flemish Tapestries in Portuguese Royal Collections 1500-1800, no prelo. KEIL, Luís, “Les tapisseries de Flandres au Portugal pendant les XV et XVIème siècles, Miscellanea Leo van Puyvelde, Bruxelas, 1949, pp. 309-311. LARANJO, F. J. Cordeiro: Cidade de Lamego. Museu de Lamego, Lamego, C. M. de Lamego, 1991. Ruas e Vultos de Lamego, Lamego, C. M. de Lamego,1993. MACIEL, M. Justino, “A arte da Época Clássica (séculos II a. C.-II d. C.)”, in História da Arte Portuguesa, vol. I, (dir. Paulo Pereira), Lisbon, Circulo de Leitores, 1995, pp. 77- 101. MATOS, Maria Antónia Pinto: A Casa das Porcelanas - Cerâmica Chinesa da Casa-Museu. Dr. Anastácio Gonçalves, Lisboa, Philip Wilson. Publishers/Instituto Português de Museus, 1996. MECO, José, O Azulejo em Portugal, Lisboa, Publicações Alia, 1989. MENDONÇA, Maria José de “Relação dos panos existentes nas colecções do Estado”, Boletim da Academia Nacional de Belas Artes, n.º 7, 1940, pp. 31-42. “Uma tapeçaria dos Vícios e das Virtudes. A Música”,Boletim do Museu Nacional de Arte Antiga, vol. 1, n.º I,1946, pp. 30-36. Exposição do Restauro da Tapeçaria «A Música»,Lamego, Museu Regional de Lamego, Setembro 1959, pp.3-8. Tapeçarias Flamengas do Museu de Lamego, Lamego,1974. Inventário de tapeçarias existentes em Museus e Palácios Nacionais, IPPC, Lisboa, 1983. MONTEREY, Guido de, Terras ao Léu. Lamego, Porto, Ed. do Autor, 1984. NASCIMENTO, J. F. da Silva, Leitos e Camilhas Portugueses, Lisboa, Ed. do Autor, 1950. PAMPLONA, Fernando, Dicionário de Pintores e Escultores, vol. III, Lisbon, 1957. PEREIRA, Teresa Pacheco, Tapeçaria do século XVI, IPPC/CNCDP, Lisbon, s/d. PINTO, Augusto Cardoso, Cadeiras Portuguesas, Lisboa, Ed. do Autor, 1952. PINTO, Maria Helena Mendes “Móveis” in Artes Decorativas no Museu Nacional de Arte Antiga. Séculos XV/XVIII, SEC/MNAA, Lisbon, 1979, pp. 21-142. Os Móveis e o seu tempo, IPPC/MNAA, Lisbon, 1985-1987. QUILHÓ, Irene, “Mobiliário, in SANTOS, Reynaldo dos, Oito Séculos de Arte Portuguesa, História e espírito, vol. III, Lisbon, Ed. Notícias, 1970, pp. 353-480. QUEIRÓS, José, Marcas da Cerâmica Portuguesa, Aveiro, Livraria Estante Editora, 31 ed., 1988. Cerâmica Portuguesa e Outros Estudos, Lisboa, Editorial Presença, 31 ed., 1987. RODRIGUES, Dalila, Grão Vasco e a Pintura Europeia do Renascimento (Cat. Exp.), Lisbon, 1992. “A Pintura no Período Manuelino”, História da Arte Portuguesa (dir. Paulo Pereira), vol. II, Lisbon, Círculo de Leitores, 1995. RODRIGUES, José Júlio, O Paço Episcopal de Lamego, separata do “Boletim da Associação do Magisterio Secundario Official”, Porto, 1908. SANDÃO, Arthur de, O Móvel Pintado em Portugal, Liv. Civilização, Barcelos, 1979. SANTOS, Reinaldo dos, “O Azulejo em Portugal”, 1957. “A Escultura em Portugal”, Lisboa, vol. I, 1948. SERRAO, Vitor: “Contributos para e estudo da Pintura Proto-Barroca em Portugal”, Portugal entre Espanha e Além Mar, Actas do IV Simpósio Luso-Espanhol de História da Arte, Coimbra, 1988. A Pintura Maneirista em Portugal (Cat. Exp.), Lisboa,1995. SIMÕES, J. M. dos Santos, A Azulejaria em Portugal nos Séculos XV e XVI, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 2ª ed., 1990. SMITH, Robert C., The Art of Portugal, 1500-1800, Londres, Weidenfel and Nicolson, 1968. “O Antigo Recheio do Paço dos Bispos do Porto”, in Separata do Boletim Cultural da Câmara Municipal do Porto, vol. XXXI, n.º 3-4, Porto, 1968. Agostinho Marques “enxambrador da cónega”. Elementos para o estudo do Mobiliário em Portugal, Barcelos, Liv. Civilização, 1974. SOROMENHO, Miguel, “D. Luís de Sousa, um mecenas português em Roma nos finais do século XVII” in Ciclo de Conferências Coleccionadores e Mecenas do século XV à actualidade, Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Lisboa, Maio 1995. Tapisseries bruxelloises de la pré-Renaissance, Musées Royaux d'Art et Histoire, Brussels, 1976. No Tempo das Feitorias. A Arte em Portugal na Época dos Descobrimentos, Lisbon, IPM, vol. I, 1992. VASCONCELOS, Flórido de, A Arte em Portugal, Lisbon, Verbo, 21 ed., s/d. VAZ, João L. Inês, Inscrições Romanas de Lamego, sep. da Revista Beira-Alta, vol. XLI, n.º 3, 1982.





copyright © museum.com gmbh. all rights reserved.
copyright policy